Categorias
Notícias

Winona Ryder e Millie Bobby Brown são indicadas ao SAG Awards

É apenas o primeiro ano de Stranger Things, e as indicações não param de chegar. Agora, Winona Ryder e Millie Bobby Brown irão concorrer na mesma categoria “Desempenho excepcional de uma atriz em uma série dramática” no SAG Awards (Screen Actors Guild).

MILLIE BOBBY BROWN / Eleven – “STRANGER THINGS” (Netflix)
CLAIRE FOY / Queen Elizabeth II – “THE CROWN” (Netflix)
THANDIE NEWTON / Maeve Millay – “WESTWORLD” (HBO)
WINONA RYDER / Joyce Byers – “STRANGER THINGS” (Netflix)
ROBIN WRIGHT / Claire Underwood – “HOUSE OF CARDS” (Netflix)

E aí, torcer para quem?

A premiação ocorre em: 29 de janeiro de 2017 5:00 PM (horário local) GMT-8

Categorias
Notícias Conteúdo

Winona Ryder completa 45 anos hoje

Até chegar ao elenco de Stranger Things, a aniversariante do dia, Winona Ryder já percorreu um longo caminho no cinema e na TV.

Nascida em 29 de Outubro de 1971, a americana debutou nas telas no ano de 1986, no filme Lucas. A parti daí encontrou uma carreira de sucesso a espera da garota que sempre recebia os papéis com a descrição da menina feia.

Uma das atrizes mais bem pagas do anos 90, Winona começou a ser reconhecida como uma grande atriz em Beetlejuice, onde interpretou a adolescente gótica Lydia.

beetlejuice

No mesmo ano, 1988, apareceu no filme Heathers, uma sátira adolescente sobre suicídio no ensino médio.

heathers

Em 1990 apareceu junto ao então namorado, Johnny Depp, em outro filme de Tim Burton, Edward Mãos de Tesoura.

edward

O namoro atraiu a atenção da mídia, rendeu uma tatuagem “Winona Forever”, depois modificada com o fim do relacionamento, que durou três anos.

johnny-depp-winona

Outro papel de grande destaque naquele ano foi Mina, em Drácula de Bram Stoker, com Keanu Reeves e Gary Oldman.

BRAM STOKER'S DRACULA (1992) WINONA RYDER, GARY OLDMAN BSD 037 MOVIESTORE COLLECTION LTD

Em 1993 ganhou um Globo de Ouro e uma nominação ao Oscar pelo filme A Época da Inocência. Em 1994 repetiu a nominação ao Oscar, dessa vez por Adoráveis Mulheres.

Ainda na década de 90 participou de outros filmes de grande destaque como As Bruxas de Salém (1996), Alien – A Ressureição (1997) e Garota Interrompida (1999).

999git_winona_ryder_052

Em 2000 Winona recebeu uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood, em homenagem ao seu legado no cinema, no mesmo ano que participou de Outono em Nova York a lado de Richard Gere.

Apesar da carreira em alta, em 2001 Ryder foi presa por roubar roupas no valor de $5.500 em uma loja Saks. Em seguida falou abertamente sobre sua luta contra a ansiedade e a depressão. Após o incidente, Winona deu um tempo na carreira, mesmo tendo aparecido em 2002 no filme A Herança de Mr. Deeds, só voltou às telas realmente em 2006, e, desde então tendo participado de filmes como Star Trek (2009), Cisne Negro (2010), voltou a colaborar com Tim Burton em Frankweenie no ano de 2012.

Em 2016 incorporou a mãe do desaparecido Will, Joyce Byers em Stranger Things, papel que esperamos vê-la novamente em 2017.

joyce

Outra personagem que supostamente iremos vê-la interpretando mais uma vez é o de Lydia Deetz, na continuação Beetlejuice 2.

Categorias
Conteúdo

Por que Stranger Things se tornou a série do momento?

1 – Nostalgia + Originalidade: eles conseguiram criar uma história nova em cima de uma mistura deliciosa de referências, reunindo tudo de fantástico que houve no cinema daquela época; De Spielberg e seus clássicos (como E.T. – O Extraterrestre e Poltergeist), ao filme Conta Comigo, baseado numa história de Stephen King (e, aliás, Stranger Things poderia perfeitamente ter saído da cabeça do escritor – e mais alguém também achou que a Eleven tem um quê de Carrie, A Estranha?); passando por The Goonies, permeando a trama com terror e o sobrenatural que aparecem em diferentes graus de intensidade, como em muito dos filmes da franquia A Hora do Pesadelo (aquela do Freddie Krueger) e de Alien, o oitavo Passageiro. Sem falar que o núcleo adolescente tem muito dos filmes teens daquela década comandados por John Hughes, como Clube dos Cinco, por exemplo; mas, para além destas e de várias outras referências, eles fizeram uma trama genuína, sem imitar ninguém, fazendo com que você se identificasse e torcesse por cada personagem, criando uma identidade única para a série.

2 – Winona Ryder: ela é um ícone vivo dos anos 80/90, tendo sido uma das jovens estrelas mais prestigiadas e requisitadas de Hollywood nesta época. Ainda bem novinha, Winona fez filmes que hoje com certeza são clássicos: Os Fantasmas se divertem, Edward, mãos de tesoura e Drácula de Bram Stoker. Tudo bem que no início dos anos 2000 ela tenha dado uma derrapada, mas agora ela voltou com tudo, mostrando uma carga dramática visceral como Joyce Byers.

stranger_things_jovens3 – Um elenco jovem talentoso e personagens carismáticos: Os jovens Nancy (Natalia Dyer), Jonathan (Charlie Heaton) e Steve ( Joe Kerry), à primeira vista, pareciam que iam viver um triângulo amoroso previsível, mas eventos aterrorizantes fazem com que os três tomem atitudes drásticas e se unam, entregando algumas das melhores sequências de ação da história. Ao mesmo tempo que são estereótipos, eles amadurecem e se reformulam.
Já as crianças são o motor da série, com interpretações seguras e maravilhosas. Destacam-se Millie Bobbie Brown, que, com apenas 12 anos e quase sem falar, vive com uma expressividade espantosa Eleven, a menina misteriosa de cabeça raspada, dona de poderes telecinéticos que a colocariam fácil na turma dos X-Men. Ela é abrigada por Mike Wheeler, vivido por Finn Wolfhard, que sabe dosar bem a doçura do personagem que está descobrindo o primeiro amor com a liderança do grupo.
stranger_things_jovens2Já Dustin parece muito com dois personagens hilários de Os Goonies: Bocão e Gordo. Vivido pelo fofíssimo além do conta Gaten Matarazzo, quem não caiu de amores por este banguela? Sem falar que os melhores quotes da série são dele ( “É melhor vocês correrem, ela é nossa amiga, e ela é louca!”)

4 – Trilha sonora matadora:  Não dá mais para escutar “Should I Stay Or Should I Go” do The Clash da mesma forma! A série também traz clássicos pop como Africa, do  Toto, uma versão da boweniana Heroes na voz de Peter Gabriel, Waiting For a Girl Like You, do Foreigner, por exemplo, fora aqueles sons etéreos criados com teclados bem típicos dos 80’s, como os que tinham nos filmes de terror de John Carpenter.