O pai da intérprete de Eleven, Millie Bobby Brown, estabeleceu o valor de U$ 100 mil dólares – aproximadamente 320 mil reais – para as agências que se interessem em administrar a carreira de sua filha.

A informação partiu do The Hollywood Reporter, que relatou que Robert Brown já teria exigido a quantia de pelo menos cinco agências que se candidataram para empresariar Millie. Apesar de soar abusivo, não se trata de uma pratica ilegal e é considerado heterodoxo na indústria do entretenimento.

Robert Brown teria sido aconselhado por empresários vinculados ao universo dos esportes, onde pagar para agenciar é visto como uma troca comum.

Após a explosão de sucesso de ‘Stranger Things’, Millie participou de diversos programas televisivos de grande audiência nos EUA. A pequena inclusive se apresentou com Gaten Matarazzo e Caleb McLaughlin antes da cerimônia do Emmy se iniciar.

A família da atriz passou por algumas mudanças financeiras bruscas, houveram muitas alterações para que Millie pudesse investir em sua carreira, e de acordo com a publicação, este seria o motivo da ganancia de Robert Brown. Nascida no Reino Unido, a jovem atriz mudou-se com toda a família, pai, mãe e dois irmãos, para a Florida. Eles passaram por algumas dificuldades econômicas e se hospedaram na casa de uma parente por um tempo.